DÔ DE CARVALHO

AULAS
Arquivo_019.jpeg

BIO

Dô tem uma carreira musical consolidada como instrumentista, compositor, arranjador e educador.

Possui grande conhecimento em ritmos tradicionais brasileiros e jazz, e seu foco está na música criativa e improvisação.

Formado pelo Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos de Tatuí no curso de Saxofone MPB e Jazz (2013), Dô de Carvalho atua profissionalmente como professor, saxofonista, flautista, arranjador e produtor musical desde 2005.

Nesse período, tocou ao lado de grandes nomes da música brasileira, tais como, Moisés Alves, Rafael Rocha, Nailor Proveta, Ademir Junior, Mauro Senise, Gilson Peranzzetta, Vinícius Dorin, Nelson Faria, Spok, Thiago Espírito Santo, Arismar do Espírito Santo, Raul de Souza, Heraldo do Monte, Hermeto Pascoal, André Marques, Sérgio Santos, Mônica Salmaso, Toninho Ferragutti, Fabio Torres, Hamilton de Holanda entre outros.

Participou de grandes festivais pelo Brasil, como Painel Instrumental (Tatuí) de 2010 a 2014, FEJACAN (em Jacarezinho) e FEMUCIC (em Maringá) pelo Sesc Paraná, Feira de Música de Fortaleza, Savassi Festival (em Belo Horizonte-MG); E do “Jazz a la Calle” em Mercedes-Uruguai. Também cursou “Flauta e Linguagem do Choro” com o professor Benedito de Paula, e “Prática de Choro” com o professor Zé Bauab como matérias complementares durante o período de estudos no Conservatório de Tatuí.

Como instrumentista, gravou alguns álbuns recentes como Bituca (Vintena Brasileira - 2013), Três Pontos (Trio Três Pontos - 2013), Noneto de Casa (Noneto de Casa - 2013), Correnteza de Ar (Martina Marana e Noneto de Casa - 2014), Enlevo dos Pinhais (Eduardo Sueitt Quinteto - 2015), Corpo e Alma (Paulo Almeida Quinteto - 2015), Renascendo (Rodrigo Ferreira Quarteto - 2015), Método do Acaso (Fábio Gouvea Quinteto - 2016), Coletivo Encarnado (Fábio Gouvea - 2017), Rebuscando (Noneto de Casa - 2017), Refúgio (Diego Garbin - 2018), [r]existir (Vintena Brasileira - 2018), Natureza Universal (Hermeto Pascoal e Big Band - 2017) que ganhou o Latin Grammy de 2018 como "Melhor Álbum de Jazz/Latin Jazz".

Como educador, ministra aulas particulares e em escolas de Jundiaí e São Paulo desde 2005. Também atuou como Coordenador Artístico Musical e professor do Colégio de Música Cristão (CMC), onde ministrou aulas em grupo e particulares de Saxofone, Flauta, Teoria, Percepção, Prática de Grupo, Harmonia e Arranjo por sete anos. Tem dinâmica de aula peculiar, onde aborda alunos de níveis de conhecimento diferentes fazendo-os tocar e aprender uns com os outros, à medida em que vão absorvendo e nivelando-se em conteúdo teórico-prático. Possui experiência com diversas faixas etárias e diversas formas de aprendizagem.

 

DISCOGRAFIA

Fabio Gouvea (2019)

DECÊNIO

Peça em quatro movimentos inspirada em memórias afetivas dos últimos dez anos de Fabio Gouvea. Gravado em Ribeirão Preto em Dezembro de 2018.

Hermeto Pascoal & Big Band (2017)

NATUREZA UNIVERSAL

Hermeto Pascoal e Big Band é um projeto histórico com composições e arranjos de Hermeto Pascoal para a formação de Big Band que reune peças compostas pelo campeão desde a década de 70. Gravado em Junho de 2017, no Estúdio Arsis. 

Vintena Brasileira (2018)

[R]EXISTIR

Quarto álbum da Vintena Brasileira, é composto por músicas de autoria de André Marques, Hermeto Pascoal, Arismar do Espírito Santo e Milton Nascimento/Fernando Brant. Gravado em 2017 nos estúdios YB e lançado em 2018 por Matraca / YB.

Fabio Gouvea Quinteto (2017)

MÉTODO DO ACASO

Convidado pelo selo Blaxtream, Fábio Gouvea (guitarrista e compositor) compẽe seu quinteto com Dô de Carvalho (saxofones e flauta), Beto Correa (piano e acordeon), Felipe Brisola (contrabaixo) e Cleber Almeida (bateria). O álbum foi gravado em Ribeirão Preto em Novembro de 2016.

Diego Garbin Quinteto (2018)

REFÚGIO

Primeiro álbum autoral do trompetista, compositor e arranjador Diego Garbin. Gravado pelo selo Blaxtream em Agosto de 2018 e lançado em Dezembro do mesmo ano.

Fabio Gouvea (2017)

COLETIVO ENCARNADO

Projeto de Fabio Gouvea na formação de Deceto, com trio de metais, quarteto de cordas, baixo, bateria e guitarra/violão. Este lindo trabalho reune, além das músicas de Fabio, uma linda música do grande saxofonista Vinicius Dorin. Gravado em Janeiro de 2017, no estúdio Sollua (Gargolândia) em Alambari.

veja todos os álbuns